Cerca de 3 minutos

O amor próprio é um elemento primordial em qualquer processo de autoconhecimento. É por meio dele que passamos a dar mais importância para o que está dentro de nós do que o que está fora. Ele nos ajuda a perceber o que precisa de mais atenção e o que precisa de cura. Ele desperta a espiritualidade em nós.

O amor é um recurso interessante, pois quanto mais dele você dá, mais você tem. Por isso é impossível amar plenamente outra pessoa se você não ama a si mesmo em primeiro lugar. Para que possamos ter amor para dar a outra pessoa, precisamos primeiro dar amor a si mesmo para que haja abundância deste recurso e então poderemos compartilhar o excedente.

Mas na rotina corrida em que vivemos atualmente, pode parecer um desafio conseguir dedicar tempo a si mesmo em meio a tantas obrigações. Muito do que encontramos na vida cria em nós a ideia de competição. É como se estivéssemos o tempo todo competindo contra o mundo. É o vestibular, a entrevista de emprego, o trânsito e até mesmo os esportes. E para ser o primeiro ou o melhor é preciso se dedicar, sempre e muito.

Na verdade, não há benefício nenhum em querer ser o melhor. Esta é apenas uma distorção criada pelo sistema que nos coloca uns contra os outros constantemente, fazendo parecer que todo mundo é seu inimigo e que a vida e uma grande competição. Muito disso já está mudando e cada vez mais passamos a compreender que somos uma família humana e que precisamos nos unir e não competir uns contra os outros.

Mas até lá, precisamos ainda lutar para encontrar equilíbrio em meio as rotinas atuais.

Alguns minutos por dia

Não é difícil incluir pequenas rotinas de autocuidado em nosso dia-a-dia de forma que pratiquemos constantemente o amor próprio, colocando nosso bem-estar como uma de muitas atividades diárias. Pequenas ações feitas com intenção podem fazer maravilhas para ajudar a recuperar o equilíbrio entre corpo, mente e espírito.

Abaixo deixo uma lista com algumas sugestões de atividades que podem ser incorporadas a rotina diária. Inspire-se nelas e tente incluir pelo menos um ou dois itens para cada tema em algum momento de seu dia, ou escolha uma área para trabalhar a cada dia. Quando for praticar as atividades mantenha a consciência no presente, deixando o mundo de lado e voltando toda a sua atenção a você. Perceba o motivo que lhe levou a estar realizando aquela atividade. Saiba que é por você e para você. É por amor.

Pratique tornar seu corpo, mente e espírito uma prioridade e você se surpreenderá com o que irá acontecer com o seu humor, saúde e desempenho na vida!

Corpo

  • Comer porções menores e mais frequentes
  • Comer gorduras boas
  • Tomar probióticos
  • Evitar glúten
  • Evitar açúcar refinada
  • Observar a postura
  • Caminhar 10.000 passos
  • Exercitar-se
  • Auto massagem
  • Respiração consciente
  • Yoga ou alongamento
  • Banho relaxante
  • Beber mais água
  • Dormir e acordar cedo
  • Tomar um chá

Mente

  • Meditar
  • Escrever um diário
  • Fazer afirmações positivas
  • Ler algo inspirador
  • Assistir uma apresentação TED
  • Aprender algo novo
  • Praticar mindfulness
  • Praticar a gratidão
  • Interessar-se por alguém estranho
  • Se estressar menos com o que acontece
  • Ir a um evento interessante
  • Desafiar-se
  • Cuidar de algumas plantas

Espírito

  • Rir mais
  • Sorrir mais
  • Fazer relaxamento e respiração consciente
  • Colorir uma página
  • Ouvir uma musica que eleve
  • Cantar alto
  • Escrever uma carta ou um poema
  • Sentar-se em silêncio na natureza
  • Usar menos eletrônicos
  • Organizar alguma coisa
  • Buscar alguma cura
  • Amar mais
  • Meditar
  • Divertir-se mais
  • Usar incensos e velas
  • Se inspirar em cartas (Anjos, Tarô, etc)
  • Desenhar
  • Apreciar alguma arte

Tem outras sugestões de atividades que estimulem o amor próprio? Compartilhe conosco nos comentários abaixo!

Diogo Luiz Miranda

Diogo Luiz Miranda

Para mudar o mundo, é preciso mudar a si mesmo.

Deixe um comentário

Todos os comentários são moderados e aparecem no site somente após aprovação. Conheça os critérios