Se você chegou até aqui, é pouco provável que nunca tenha ouvido falar sobre “O Evento”. Existem muitas definições sobre o que seria este Evento e muitas delas até discordam entre si. É fato que quem tem um pouco de sensibilidade pode perceber que há um potencial no ar para um grande acontecimento, muitos fatores estão aparecendo no mundo físico que corroboram esta percepção. Outros nomes também são comuns para definir este período no tempo como a “transição planetária” por exemplo.

Inúmeras mensagens canalizadas de seres de diversas origens e frequências falam deste momento no tempo e de sua importância para a história da Terra e da Humanidade. Uma destas entidades  é Adamu, que se identifica como sendo da “entidade monádica da civilização pleiadiana” e que se comunica com alguns canais na Terra, um deles sendo o Zingdad. Este canal distribui as mensagens que recebe em vídeo e transcritas e tem um livro fantástico chamado “The Ascension Papers“, disponibilizado gratuitamente em seu site, mas infelizmente sem versão ainda em português (aqui em inglês e no site em algumas outras línguas como alemão, francês e espanhol).

Na mensagem abaixo, Adamu por meio de Zingdad nos traz algumas explicações sobre O Evento. Muitos dos termos utilizados não tem uma tradução direta, então tentei não alterar de mais para não perder sentido. Se você fala inglês, eu recomendo fortemente que assista o vídeo ou leia a transcrição no idioma original, mas para quem não teve ainda esta oportunidade, deixo abaixo uma tradução (sem pretenção de ser excelente) para que esta mensagem possa chegar ao maior número de pessoas, pois é isso que precisamos atualmente!

Rapidamente, quero deixar um pequeno glossário para entender os termos principais que são utilizados e que exigiriam uma leitura de Assension Pappers:

  • Consciência de vítima: Originalmente victim-conscious. São pessoas em cuja percepção do mundo, das circunstâncias de sua vida e de tudo que a rodeia, sempre se vêem e se identificam como vítimas. Sempre há alguém que é o perpetuador de seu sofrimento, que causa aquilo que ela sofre. Para quem está nesta frequência, o governo, a política, o vizinho, o outro motorista, a casa, a fila, tudo e todos estão errados e são as causas do seu sofrer. É uma das frequências de consciência mais baixas.
  • Responsabilidade-do-outro: Originalmente other-responsible. São pessoas cuja frequência de consciência lhe faz perceber o mundo de uma forma onde alguém, um outro precisa vir e resolver o seu problema. É muito próximo a consciência de vítima e ambos não entendem as relações de causa e efeito entre seu mundo interno e seu mundo externo. Quem está preso nesta faixa de consciência não age para ter e ser o que deseja, mas espera passivamente que alguém desça do céu e lhe resolva a vida, enquanto isso ela curte os prazeres da vida humana e vive para sustentar as estruturas de poder atual como a política, as religiões e o consumo.
  • Auto responsabilidade: Originalmente self-responsibility. São os seres que já elevaram suficientemente sua consciência para perceber que há uma realidade muito maior do que o que pode ser percebido pelos sentidos físicos e que há forças em si e no Universo que pode usar a seu favor. São seres que perceberam a relação causal entre o mundo interno e o mundo externo da matéria. Este ser assume a postura de criador de sua própria realidade e passa a agir com seus pensamentos, sentimentos, palavras e ações para criar a realidade que deseja para si, para se tornar quem gostaria de ser.
  • Consciência da Unidade: Originalmente unity-consciousness. São seres que além de perceberem a relação causal entre o mundo interno e o mundo externo, puderam perceber que muito além dos planos mais baixos da matéria física, há uma ligação em comum entre toda a criação, que cada átomo da matéria do Universo está interligado e tem consciência. Percebe que há um plano maior em tudo que acontece e por isso compreende que toda e qualquer experiência no plano físico, seja uma experiência de alegria ou de sofrimento tem seu motivo, sua razão e acima de tudo, sua necessidade.

Segue a tradução, o vídeo e a transcrição original em inglês podem ser encontradas aqui.

O Evento

Saudações a vocês, meus amigos. Eu sou Adamu da entidade monádica da civilização pleiadiana. Hoje, gostaria de abordar com você o tópico um tanto excitante: O Evento. É assim que já é conhecido em sua consciência coletiva e, portanto, continuarei a falar sobre isso como tal.

Então, o que é O Evento? Quando isso vai acontecer? O que vai acontecer? O que acontecerá depois? E como você deve se preparar para O Evento? Estas são as perguntas que desejo abordar na conversa de hoje.

Agora, há muito a ser dito sobre isso e já há muito mal-entendido, tanta desinformação, tanto… tanto! Que vou tentar falar de maneira sucinta e clara, sem despertar seus medos, porque, realmente, não há muito a temer.

O que é O Evento? Em poucas palavras, O Evento é o momento em que sua realidade consensual coletiva, a linha do tempo que quase 8 bilhões de vocês, que todos vocês estão criando juntos atualmente, se separam. Você pode imaginar uma grande corda de muitos fios, 8 bilhões de fios, de fato! Essa grande corda se desentrelaça e várias cordas menores são feitas com esses fios. Isso seria um entendimento justo. O momento do desentrelaçar é O Evento. É isso que acontece que permite que você prossiga em uma corda menor.

Então, quando o evento acontecerá? Mencionei anteriormente que é desejável que o “quando” seja atrasado. Que demore o máximo possível para que o “quando” ocorra. E gostaria de abordar isso. Aqueles de vocês que têm uma menor frequência de consciência, aqueles que estão em uma “consciência de vítima”, aqueles de vocês que estão em uma frequência de “responsabilidade-do-outro”… e, por favor, se você não entende do que estou falando aqui, nós já falamos sobre isso. Zingdad e eu produzimos dois vídeos sobre as frequências da consciência e falamos sobre o que é “responsabilidade-do-outro”, versus “auto responsabilidade”, versus “consciência da unidade”. Isso já foi abordado. Se você não sabe do que estou falando, faça uma pausa aqui, por favor, dê uma olhada nesses vídeos, nessas publicações.

Aqueles de vocês que são da frequência mais baixa, e normalmente seres de baixa frequência, não estariam assistindo a este vídeo. Você não estaria interessado nisso e isso não faria sentido para você. Você não teria ressonância com isso. Os profundamente “responsabilidade-do-outro” ​​estão se apegando a uma ideia de que sua vida está errada, o mundo está errado, tudo está errado e alguém deve vir e consertá-lo. Aqueles de vocês olhariam para o evento como o momento em que tudo fica resolvido. Infelizmente, para os profundamente “responsabilidade-do-outro”, os “consciência de vítima”, a experiência deles será exatamente o oposto.

Será um momento em que eles realmente entenderão o que estão criando. Quando eles não estão mais em uma corda com seres “auto responsáveis” ​​que garantem que o mundo continue funcionando. Eles estão então apenas em um mundo com outros seres “consciência de vítima”, com outros seres “responsabilidade-do-outro”, e nenhum outro garantirá que o mundo continue funcionando. Ninguém continuará a manter as rodas do mundo girando. As coisas desmoronam. De uma maneira desastrosa. Para aqueles que estão simplesmente compartilhando um mundo de “responsabilidade-do-outro” com outros, “responsabilidade-do-outro”.

Agora, não é o desejo de ninguém; aqueles que habitam as frequências mais altas, os conscientes da unidade, por exemplo, não desejam punir os “consciência de vítima”. Há um entendimento de que alguém tem “consciência de vítima” por causa das circunstâncias e porque não conseguiu ver que realmente precisa transformar sua consciência. Portanto, não há desejo de magoar ou punir o “responsabilidade-do-outro”. E o que também destacamos é que está havendo uma migração da consciência. As pessoas estão acordando. A Luz certamente está aumentando no planeta Terra, particularmente agora que as estruturas de controle, aquelas que chamamos de Illuminati, aquelas que estão operando nos bastidores; particularmente quanto ao domínio do mundo, à medida que a capacidade de puxar as cordas do poder começa a desaparecer e a diminuir; particularmente quando eles começam a entrar em conflito um com o outro, quando suas estruturas de poder começam a entrar em colapso, a consciência está aumentando a um ritmo acelerado.

Assim, o “consciência de vítima” está lentamente se tornando “consciência de criador”, lentamente se tornando “consciente da unidade”. Está acontecendo. Os “responsabilidade-do-outro” ​​estão se tornando “auto responsáveis”, estão se tornando “conscientes da unidade”. Portanto, quanto mais adiarmos O Evento, mais almas passarão de uma experiência do Evento que será chocante e dolorosa, para uma que será aceitável, para uma que será verdadeiramente alegre. E, portanto, é realmente desejável adiar o evento.

Portanto, o “quando” não é escrito em pedra. Mas quanto mais tempo demorar, melhor. Se você pensa que: ” Bem, que pena para eles, se eles estão criando algo horrível, eles devem receber o que é horrível. Quero o meu bom resultado. Quero o meu resultado feliz e quero agora!” Bem, a má notícia é que, se essa é sua atitude, você está realmente criando a partir de um lugar de dualidade. Você está criando vitimização. Sua consciência é provavelmente mais baixa do que você pensa que é. E você provavelmente precisa estar trabalhando em si mesmo, na sua conexão com o Divino e no seu relacionamento com o outro. Mas, mais sobre isso em um momento.

O assunto do que acontecerá também não está escrito em pedra. Também não é definido. O que vai acontecer ainda está para ser criado. E quem o cria? Você faz! Quanto maior a sua frequência de consciência, mais poderosamente você cria. Portanto, os que são profundamente “consciência de vítima” estão criando com menos poder do que os “auto responsáveis” e isso é uma coisa boa! E os “auto responsáveis” ​​estão criando menos poderosamente do que os “conscientes da unidade”. Isso é como deveria ser. Porque vocês, “conscientes da unidade”, são aqueles que realmente criam a partir de um lugar de profunda compaixão e profundo carinho por todos. Entre os “conscientes da unidade”, você não encontrará o tipo de atitude “Estou bem, Jack, lamento por você!”, que certamente encontrará entre os mais “consciência de vítima”.

Então, o que vai acontecer não está escrito em pedra. Mas há uma gama de possibilidades. Os mais profundamente “consciência de vítima” precisarão de uma experiência que lhes permita deixar todo mundo sair de seu consenso. Agora, é isso que estou dizendo: o evento é um momento em que o consenso se rompe; quando você estiver disposto a deixar todo mundo ir. Então, você precisa de uma experiência em que as coisas que atualmente funcionam no mundo: mídia, Internet, comunicações eletrônicas, por um momento quebram, por um momento são pausadas, para que você não saiba o que está acontecendo além da sua própria visão. , além do seu próprio alcance, você não sabe o que está acontecendo.

Então você deixa o resto do mundo ir e se concentra na sua própria experiência. Bem, o evento é muito sobre isso. Deixe o mundo ir e se concentre em sua própria experiência, criando o que você está criando e recebendo o que está criando. Se você está criando com muita raiva, com muito ódio, com muito medo, com muita ira, se estes são os patrocinadores da sua criação… então, você pode ter o tipo de experiência do Evento de cataclismo apocalíptico que alguns temem que seja. Se é isso que você está criando, é isso que você pode obter. Essa é uma maneira de deixar o resto do mundo ir. Grandes experiências desastrosas: Terceira Guerra Mundial e cometas colidindo com a Terra e doenças e caos. Essa é uma maneira de deixar o mundo ir. E então o que acontece depois? Bem, as consequências daquele mundo que está quebrado, onde você tenta juntar os pedaços… essa é uma possibilidade. Essa é a possibilidade de baixa frequência.

A possibilidade de alta frequência é muito diferente. Aqueles de vocês que têm “consciência da unidade”, aqueles de vocês que podem encontrar a luz do Divino dentro de si mesmos e então também começam a ver a luz do Divino em outros seres humanos. Talvez vocês também estejam dispostos a começar a ver a luz do Divino nos animais, nas plantas e no planeta. Talvez vocês estejam prontos para uma experiência muito alegre. Onde talvez as naves de luz que estão atualmente em quarentena em torno de seu planeta possam começar a aparecer em sua consciência, elas podem ressonar com sua frequência ou você pode ressonar com a deles. E você pode ver essa grade de naves ao redor do planeta. E essa rede pode, em virtude de sua ressonância com sua frequência, fazer com que suas comunicações eletrônicas e seus itens elétricos parem de funcionar temporariamente por um curto período de tempo, para que você possa realmente deixar o resto do mundo e essas naves podem começar a descer na Terra, como estrelas descendo ao chão, podem descer e seres podem emergir dessas naves: alguns deles se parecem com você (nós, pleadianos, parecemos um pouco com humanos) ou podem parecer muito diferentes de vocês. Existem membros de outras civilizações que fazem parte da Federação Galáctica que parecem muito diferentes de você. Mas, como você tem “consciência da unidade”, pode olhar com seu coração e ver a luz do Divino naquilo que sai da nave. E você pode se envolver, podemos nos conectar com você telepaticamente, você pode se envolver pessoalmente e ter a certeza de que tudo está bem, que tudo está acontecendo como deveria. E um novo mundo se abre para você, onde sua civilização planetária agora faz parte de uma civilização galáctica maior. Esse seria certamente um futuro muito alegre.

Existem outras possibilidades entre esses dois extremos, que você pode estar criando para si mesmo. Então, o que vai acontecer, e o que vai acontecer depois, não é escrito em pedra. É criado por você, em conjunto com o que é chamado Conselho Planetário. O Conselho Planetário é um grupo de seres de frequência muito alta, aqueles que vocês podem chamar de Arcanjos estão no centro do seu Conselho Planetário e outros seres de alta frequência estão lá para ajudar o planeta, guiar o planeta para garantir que, mesmo se você criar de um local de frequência muito baixa, você estará protegido. Existe um direito de veto que o Conselho Planetário tem. Mas você, você é o criador. Você vai decidir o que vai acontecer. Qual será o evento para você, e o que acontecerá depois surgirá disso.

E isso me leva ao ponto final: o que devemos fazer para nos preparar?

Realmente, a coisa mais importante que você pode fazer para se preparar é aumentar sua frequência. Tornar-se consciente de onde você está se apegando à “consciência de vítima”, tornar-se consciente de onde você está criando com “responsabilidade-do-outro”. Examinar sua própria psique, investigar sua jornada, investigar suas vidas passadas, investigar os lugares de sua infância, onde as mágoas aconteceram, onde você chegou a crenças nas quais se apega e que não servem vocês. Olhar para suas mágoas e curá-las. Essa é talvez a coisa mais importante que você pode fazer. Cure-se. Cure seu relacionamento com o Divino dentro de si. Cure a relação entre o Ser Divino que você realmente é e essa concha do ego, essa personalidade que você está fingindo ser, que você está habitando durante toda a vida desta vida. Cure estes. Torne-se completo. Mova sua frequência de consciência para cima para criar mais poderosamente. Para que você possa criar mais do que realmente deseja e menos do que não deseja.

E então, no devido tempo, também estaremos falando novamente de círculos de luz. E como agora podemos falar com franqueza e sinceridade sobre círculos de luz, agora podemos deixar claro que os círculos de luz são realmente as sementes que você pode plantar para as linhas do tempo em que realmente deseja estar. Para o evento que você deseja experimentar e as linhas do tempo futuras que deseja experimentar.

Então, minha mensagem final é: por favor, não tenha medo. Não há necessidade de pânico. Cure-se, trabalhe em si mesmo. Eleve sua consciência. Viva a vida que você deseja viver. Há tempo. O Evento foi atrasado. Trabalhe para criar O Evento que você deseja criar para si mesmo. Trabalhe para ser o ser que você deseja ser.

E é isso mesmo que desejo dizer hoje. É claro que haverá mais, e eu realmente convido você, por favor, não assista este vídeo isoladamente (ou leia a transcrição, ou seja o que for que você esteja fazendo!) restante do material que compartilhei com Zingdad. Por favor, vá e dê uma olhada nos materiais que Zingdad lançou com seus outros amigos, seus outros parceiros, com seu próprio guia espiritual e seu eu Divino. “The Ascension Papers” são um livro maravilhoso que você pode realmente usar para entender a si mesmo e suas circunstâncias. Tudo isso está disponível e presente para ajudá-lo em sua jornada. E, por favor, procure curar sua própria alma. Esse é o tempo que está disponível agora para essas coisas.

Com isso, desejo me despedir. Desejo expressar a você grande amor, grande apreço, grande respeito por onde você está em sua jornada. Aqueles de vocês que são sementes das estrelas, que são portadores da luz, o que é a maior parte do nosso público. Você está fazendo um trabalho magnífico. Continue trabalhando consigo mesmo.

Eu te amo com o coração da Unidade. Sou Adamu, da entidade monádica da civilização pleaidiana. Até a próxima, saúdo você.

Sugestões de Leitura

Aprofunde seu conhecimento sobre os assuntos abordados neste artigo com uma destas sugestões de leitura. Comprando um livro na Amazon pelos links abaixo você estará ajudando o Humano Divino.

Diogo Luiz Miranda

Diogo Luiz Miranda

Eu sou um agente da mudança. Meu método é lhe oferecer algo sobre o que pensar. Minha missão é incentivar a busca pelo autoconhecimento e pela espiritualidade como ferramentas de desenvolvimento pessoal, pois através de nosso crescimento enquanto indivíduos, podemos transformar o mundo.

Deixe um comentário

Todos os comentários são moderados e aparecem no site somente após aprovação. Conheça os critérios

Feito de para você em Florianópolis